Imagem noticias

Press-Release

Fique por dentro de tudo o que acontece no Grupo Opty:

Saúde Ocular 30 de dezembro de 2018 - DayHORC

Como tratar vista cansada provocada pelo envelhecimento

Presbiopia atinge pessoas a partir dos 40 anos, mas pode ser
corrigida com cirurgia

Eunápolis, 29 de janeiro de 2018 – Com o passar dos anos, o cabelo fica branco, os ossos, mais frágeis, e a visão, embaçada. Nessa fase da vida, surge a necessidade de luz mais intensa para ler, escrever, cozinhar e a atenção no trânsito é redobrada. A médica oftalmologista Laura Yamagata do DayHORC, empresa que compõe o Grupo Opty, explica que, assim como as outras partes do corpo envelhecem, os olhos também, e, por isso, merecem atenção.

“Todo o nosso corpo vai envelhecendo, não tinha como ser diferente com o sistema de nossa visão. O cristalino – lente natural localizada atrás da íris – junto com os músculos que ficam em torno dos olhos, vai perdendo parte da função e assim, diminui a capacidade para ver bem de perto”, explicou a médica.

É a partir dos 40 anos que algumas mudanças em comportamentos e ações simples do dia a dia devem ser observadas, como ficar esticando os braços para encontrar a posição ideal para fazer uma leitura, uma vez que surge a dificuldade na visão para perto. Essa é a chamada presbiopia, vista cansada, ou “Síndrome do Braço Curto”, como é popularmente conhecida. De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, mais de 60 milhões de brasileiros sofrem com a presbiopia, e os números aumentam todos os anos.

O processo de desenvolvimento da presbiopia acompanha o envelhecimento do corpo. A especialista explica que, entre os sintomas mais comuns, estão a perda da capacidade de focar objetos próximos, dificuldade para ler letras menores, assim como a necessidade de mais luz e a ocorrência de dor de cabeça.

A presbiopia pode ser diagnosticada em uma simples consulta com o oftalmologista. “Na consulta, podemos identificar os sintomas a partir das queixas do paciente e avaliação da acuidade visual, avaliamos a visão do paciente. Assim, definimos o grau que ele precisa para ver bem tanto de longe quanto de perto”.

A presbiopia não tem cura, mas, com estudos e os avanços da oftalmologia, além de óculos de grau e lentes de contato, a correção pode ser feita por meio de cirurgia. “Hoje, dispomos da cirurgia refrativa, um procedimento a laser que visa deixar o paciente livre dos óculos. Temos também outra opção, que é antecipar uma cirurgia de catarata. Podemos substituir o cristalino por lentes intraoculares importadas, que vão garantir uma visão boa tanto de longe quando de perto, de acordo com a necessidade de cada paciente. Mas isso tem que ser bem avaliado e indicado pelo oftalmologista”, completou a médica.

O acompanhamento do paciente com a Fisioterapia Ocular pode retardar o aparecimento da presbiopia ou até mesmo controlar o seu desenvolvimento. Consulte seu médico oftalmologista.

Sobre o Opty

O Grupo Opty nasceu em abril de 2016 a partir da união de médicos oftalmologistas e do fundo de investimento Pátria, dando origem a um negócio pioneiro no setor oftalmológico do Brasil. O grupo aplica um novo modelo de gestão associativa que permite ampliar o poder de negociação, o ganho em escala e o acesso às tecnologias de alto custo, preservando a execução da oftalmologia humanizada e oferecendo tratamentos e serviços de última geração em diferentes regiões do País. No formato, o médico mantém sua participação nas decisões estratégicas, mantendo o foco no exercício da medicina

Atualmente, o Grupo Opty é o maior grupo de oftalmologia da América Latina, agregando oito empresas oftalmológicas, 1400 colaboradores e 400 médicos oftalmologistas. O Instituto de Olhos Freitas (BA), o DayHORC (BA), o Instituto de Olhos Villas (BA), o Hospital Oftalmológico de Brasília, o Grupo INOB (DF), o Hospital de Olhos Santa Luzia (AL), o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (SC) e o HCLOE (SP) fazem parte dos associados, resultando em 19 unidades de atendimento.

DayHORC

Agência Vilaça
Clicia Marinho:
redacao@agenciavilaca.com.br

Grupo Opty – Informações à imprensa

Conteúdo à la carte

Camila Teich: camilateich@conteudoalacarte.com.br || (11) 9 9555-9110|3078-0984

Roberta Spiandorim:  robertaspiandorim@conteudoalacarte.com.br || (11) 3078-0984